Entrada Seguro Desemprego: Saiba Como Fazer

Entrada Seguro Desemprego: Saiba Como Fazer

O benefício do seguro desemprego tornou a vida do trabalhador que é demitido sem justa causa e perde seu emprego um pouco menos difícil enquanto procura por novo trabalho.

Para dar entrada no Seguro Desemprego, o trabalhador deve estar ciente de algumas condições que são exigidas para que tenha direito ao seguro.

Em primeiro lugar, o seguro contempla quem foi demitido por justa causa e trabalhou pelo menos 6 meses de forma contínua antes de ser dispensado. Além disso, não pode estar a mais de dois anos desempregado e nos 16 meses que antecede o pedido não ter utilizado o seguro.

Saiba Como dar Entrada no Seguro Desemprego

Entrada Seguro Desemprego: Saiba Como Fazer

No tocante a benefício da previdência com exceção de auxílio doença e pensão por morte não estar recebendo benefício.
Não possuir outra renda que possa sustentar a si ou a família.

Para requerer ou solicitar o seguro o desempregado terá um prazo de até 120 dias a contar da data em que ocorreu a demissão.

Os documentos que precisará se munir para fazer o pedido são a carteira profissional, PIS/ PASEP ou Cartão Cidadão, o termo de rescisão do contrato de trabalho, comprovante de depósito de pagamento de FGTS e os três últimos contra cheques.

Além disso, deverá levar o requerimento do seguro desemprego que é preenchido pelo empregador, a homologação do acordo, carteira de identidade ou nascimento, casamento, CHM ou certificado de reservista.

Agilize se Utilizando do Poupa Tempo

Depois de munir-se desses documentos para dar entrada deverá dirigir-se pessoalmente a um Posto do Ministério do Trabalho e Emprego. Outra opção é se utilizar o Poupa Tempo.

Caso queira dar entrada pelo Poupa Tempo pode fazê-lo através do site ou ligar para Disque Poupa tempo.

Esse sistema para requisição do seguro é feita no SERT, o qual tem convênio com o Ministério do Emprego e Trabalho e responsável pelos postos do Poupa Tempo.

Algumas modificações com o intuito de ter um controle maior sobre quem realmente se encontra necessitado do seguro foram feitas para 2012. Com esse objetivo o governo criou o Sistema Nacional mais Emprego que trabalhará com dados integrados do SINE, a SRTES, entidades de qualificação profissionais e mais a Caixa Econômica.

Acesse o Endereço Online e Obtenha Mais Informações Sobre o Assunto

Essa integração de vários órgãos deve permitir que o estado obtenha um maior controle sobre quem está efetivamente necessitando do seguro.

Além disso, a nova filosofia que o governo deseja implantar é que o trabalhador quando for requisitar seu seguro, já tenha através desses órgãos uma indicação para que possa ter oportunidade de empregar-se novamente.

O seguro beneficia a todos os estados e municípios do país, tais como em Fortaleza, SP, RJ, BH e outras capitais ou mesmo cidades de DF, MG, fazem parte do programa e seus cidadãos podem dar entrada no seguro desemprego.

Para mais informações sobre o assunto, acesse o portal do Ministério do Trabalho e Emprego.

Discussion

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.