Pagamento Seguro Desemprego

Pagamento Seguro Desemprego

Qualquer pessoa demitida sem justa causa que trabalhou por no mínimo seis meses em uma empresa, com contrato regido pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), sem renda para seu sustento e da família, tem direito ao seguro-desemprego, um auxílio financeiro temporário cujo valor é calculado com base no último salário mensal, com pagamento de até 5 vezes dependendo da situação do beneficiário. A quantia pode ser sacada de qualquer unidade da CEF, lotérica ou postos autoatendimento usando o Cartão-Cidadão. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto.

Como Obter o Pagamento Seguro Desemprego

Pagamento Seguro Desemprego

Para receber o pagamento seguro desemprego, ao ser demitido por justa causa, a pessoa recebe do empregador um Requerimento do Seguro-Desemprego já preenchido. A solicitação do seguro-desemprego deve ser feito do sétimo ao centésimo vigésimo depois da data de dispensa. As duas vias do requerimento, carteiras de identidade e trabalho, previdência social e os últimos dois contracheques deverão ser levados a um posto da Delegacia Regional do Trabalho, do Sistema-Nacional-do-Trabalho ou nas agências da Caixa Econômica Federal, na situação de trabalhador formal.

Com base nessa documentação, essas agências definirão se o cidadão tem ou não direito ao benefício. Caso tenha direito, no ato do pagamento de cada uma das parcelas os documentos serão conferidos, ou seja, será verificado se a pessoa ainda está desempregada e atende aos requisitos previstos pelo governo.

Auxílio Financeiro

O auxílio financeiro é um dos benefícios do Programa de Seguro-Desemprego proporcionado pelo Governo Brasileiro, que também oferece serviços de apoio, orientação, recolocação e qualificação profissional. Apenas em 2012, mais de 75 mil beneficiários do seguro-desemprego se matricularam em cursos de capacitação profissional ministrados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Além de mantê-los atualizados e em contato com outros profissionais, esse programa de qualificação aumenta as chances de encontrar um novo trabalho e retornar ao mercado de forma mais rápida.

Outras Forma de Obter o Seguro Desemprego

Além do auxílio financeiro, opção mais requisitada pelos cidadãos brasileiros, há também duas outras modalidades de seguro-desemprego: a Bolsa Qualificação Profissional, onde o benefício é usado em cursos ou programas de qualificação de pessoas que, a princípio, tinham as mensalidades pagas pelos empregadores. Ou ainda o Programa Pescador Artesanal, destinado especialmente ao pescador profissional que exerce, artesanalmente, uma atividade individual ou em regime de economia familiar.

Desde 2000, os empregados domésticos que foram demitidos sem justa causa e estão inscritos no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também podem usufruir do seguro desemprego.

Para participar de ofertas e promoções e verifique o site BMG Crédito Consignado.

Discussion

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.